Favacho Único

O reprodutor morreu aos 32 anos, deixando 706 descendentes

  • ALINE PERUCCI
  • 12/09/2017
  • 18h25

A raça Mangalarga Marchador perde um de seus grandes ícones, o garanhão Favacho Único. O animal morreu hoje, 12 de setembro, aos 32 anos. Sua história de sucesso começou cedo na raça. Aos 14 anos foi Reservado Campeão dos Campeões Nacional de Marcha, aos 15 foi Campeão dos Campeões Nacional de Marcha.

 Pai de 706 filhos, Favacho Único passou a genética campeã para a prole produzindo filhos campeões. Único foi o garanhão número um da Marcha Picada por dois anos consecutivos. Emprenhou éguas até os 30 anos.

Atualmente, estava na Fazenda Pedra Verde, mas, pertencia também ao Haras Caluli, ambos localizados em Pernambuco.

 

Fotos: Sidney Araújo