Estudo acadêmico

ABCCMM apoia pesquisa importante

  • Flávia Zago
  • 07/03/2018
  • 14h34

 

 

 

O diretor de Eventos da ABCCMM, Jonas Oliveira, o superintendente, Henrique Machado e o diretor executivo da Escola Nacional de Árbitros (ENA), Carlos Augusto Sacchi receberam hoje a professora da Universidade Federal de Lavras Raquel Silva Moura.

Raquel conduz Juntamente com a professora Sarah Laguna Conceição Meirelles,  o projeto de pesquisa que recebe apoio da ABCCMM, intitulado “Caracterização Genética e fenotípica de equinos da raça Mangalarga Marchador”.

O estudo, que está sendo executado em três etapas, já iniciará a segunda fase na próxima semana, durante a 25ª Exposição Especializada do Cavalo Mangalarga Marchador de Lavras, de 14 a 17 de março de 2018. Na ocasião, haverá a primeira coleta oficial da caracterização fenotípica dos atributos morfológicos e andamento da raça.

Acompanhada dos zootecnistas Dayana Melo e Felipe Amorim, a professora aproveitou a oportunidade para alinhar a divulgação da pesquisa nas plataformas de comunicação da entidade.

Raquel também formalizou o convite para a palestra do dia 16 de março. O evento, que será ministrado pelo professor Alessandro Procópio, tem o objetivo de esclarecer o criador quanto as etapas necessárias de implantar o programa de melhoramento genético de equinos marchadores. A palestra será na sexta-feira, 16 de março às 15 horas, no parque de exposições de lavras.

 Diante da importância do estudo para a evolução da raça, a ABCCMM está de acordo com as coletas de pelos e com estudo de fenótipos dos equinos selecionados para que este projeto seja conduzido”, ressaltou o presidente Daniel Borja, em documento assinado e direcionado aos pesquisadores em Carta de Apresentação. 

 

Entenda o estudo

O projeto está sendo executado em etapas: ETAPA I: Caracterização genética de equinos MM (em andamento desde 2016); ETAPA II: Caracterização fenotípica dos atributos morfológicos e andamento da raça (início em 2018); ETAPA III: Análise do banco de dados gerado na pesquisa para futura estimação de parâmetros e efeitos genéticos nas características morfofuncionais do MM.

 

Os materiais necessários no estudo serão pelos dos animais selecionados para obtenção da genotipagem e dados avaliados nestes equinos genotipados (medidas lineares, medidas angulares, aprumos, temperamento, avaliação objetiva da biomecânica) coletados pela equipe UFLA e apoio de técnicos/árbitros atuantes na raça (segundo metodologia aprovada pela ABCCMM).

 

 Os resultados obtidos na pesquisa contribuirão para a identificação de indivíduos da raça Mangalarga Marchador, dando suporte ao registro genealógico de equinos nos livros MM3 e MM4 (sem conhecimento de genealogia), além de auxiliar na implantação do primeiro programa de melhoramento genético em equinos no Brasil, com objetivo de aprimorar a seleção da marcha na raça.