Mangalarga Marchador esteve presente em mais uma edição da feira Equitana

A raça nacional figurou entre as atrações de um dos eventos equestres mais importantes do mundo.

  • Bernardo
  • 23/10/2015
  • 17h57

Evento

A tradicional feira Equitana acontece a cada dois anos, reunindo na Alemanha os apaixonados por cavalos de várias partes da Europa e do mundo. Na edição de 2015, um público superior a 208 mil pessoas* passou pelo Exhibition Centre, na cidade de Essen. O projeto setorial Brazilian Saddle Horse (BSH), resultado de um convênio firmado entre a Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), realizou atividades para divulgar o cavalo de sela brasileiro na Alemanha. Foram realizadas diversas ações de relacionamento junto ao público presente promover a raça nacional

O BSH montou um estande de 75 m² para divulgar o Cavalo Nacional, produtos de parceiros e receber os visitantes do evento. Os garanhões do projeto Vitrine do Marchador — Fandango de Maripá, Patek de Maripá e Ouro Fino El Far — foram apresentados diariamente em diferentes arenas. Após cada uma das performances, um grande número de espectadores se dirigiu ao espaço dedicado ao Marchador, para ter contato com os cavalos, aprender um pouco sobre a história do MM e conhecer os números atualizados acerca da raça. Pessoas de todas as faixas etárias ficaram encantadas com a beleza e principalmente com a docilidade dos marchadores.

Inovação

Uma novidade foi a utilização de tablets com um software totalmente customizado para atender as necessidades de pesquisa e captação de contatos dos interessados nos animais. Após os nove dias de feira, foram respondidos mais de 300 questionários. “O resultado desta pesquisa nos ajudou a confirmar o perfil do público local. Já o mailing coletado nos proporcionará manter contato com os visitantes através de um trabalho contínuo de envio de informações sobre o Marchador”, disse Ricardo Xavier, gerente do projeto Brazilian Saddle Horse.

Homenagens

Diretores da Associação Europeia do Mangalarga Marchador (EAMM) foram homenageados no estande do BSH. O artista brasileiro Bosco Accetti fez duas artes em grafite especialmente para a ocasião. A ABCCMM foi representada pelos senhores Antônio Sergio Quadros Barbosa (vice-presidente da ABCCMM) e Carlos Augusto Karam (Diretor de Eventos da ABCCMM), que realizaram as entregas das telas para os treinadores Astrid Oberniedermayr (presidente da EAMM) e Dieter Mader (Diretor de Esportes e Treinamento da EAMM).

Parceiros

Uma variedade de produtos e soluções voltadas para o segmento equestre foi apresentada por parceiros no estande do BSH. As empresas presentes foram: Agro Maripá, empresa apoiadora do projeto e pioneira na promoção do Mangalarga Marchador na Europa; Universidade do Cavalo, primeiro e único centro especializado da América Latina na capacitação e formação de profissionais para o mercado de cavalos; a plataforma on-line Marchador2Ez.com, desenvolvida para a divulgação e venda de animais; e Guabi, empresa referência no mercado de nutrição e bem-estar animal.

Visitantes ilustres

Alguns importantes nomes da equitação europeia marcaram presença no estande. Os cavaleiros portugueses Gilberto Filipe, Bruno Pica da Conceição e João Duarte Amaro Rafael, integrantes da equipe lusitana de Working Equitation — uma das melhores do mundo — prestigiaram o espaço dedicado à divulgação do cavalo de sela brasileiro. Outra celebridade que prestigiou o local foi o horseman Lorenzo — Lorenzo International Horse Show — cujas apresentações estão entre as mais aguardadas da Equitana. O “francês voador” — como é conhecido — montou o garanhão Patek de Maripá e visitou as baias onde estavam os outros garanhões do projeto Vitrine do Marchador.