14ª Reunião do Triênio

Movimento em foco

  • Flávia Zago
  • 29/11/2018
  • 15h17

 

 

 

Representantes do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) reuniram-se no auditório da ABCCMM, no dia 27 de novembro para a 14ª reunião do triênio.

 

De acordo com Carlos Augusto Sacchi, presidir o Conselho está sendo uma grande honra. Composto pelos  criadores e técnicos, Leonardo Fernandes, Carlos Rodenburg, André Ribeiro de Oliveira, Carlos Eduardo Oliveira, Evaldo Penedo, Hans Norremose, Leonardo Reis, Roberto Ribas, Rodinei Salomão, Ronaldo Rodrigues, Wander Mello, Marcelo Junqueira Ribeiro, Ricardo Righi, Ataíde Maciel Pereira, Salatiel Lobato, José Maurício Maciel, Aluizio Maciel Pereira Filho, Marcio Leite, Breno Corrêa e Castro, Diego Vitral, Murilo Torres, Cléber Vilela, Henrique Machado e Tiago Garcia, o CDT trabalha com louvor  nas propostas e nas inúmeras medidas para o bem do Mangalarga Marchador.

 

Sacchi relembra os projetos aprovados e destaca que este CDT foi o pioneiro em realizar uma reunião aberta ao público. “ A 11° reunião em 24 de abril de 2018, com a palestra sobre selas com a médica veterinária, Luli Kratschmer, demonstrou o espírito democrático e didático que este grupo sempre procurou incentivar. A atuação dos conselheiros tem sido primordial para a implantação das medidas que hoje temos nos julgamentos e que tem criado as condições para que tenhamos a seleção de animais mais genuínos. Isso fará da formação da tropa algo mais consistente geneticamente, enfatizou.

 

Movimento em foco

 

Com intuito de discutir os assuntos em alto nível de conhecimento levando as decisões bem embasadas, a reunião da última terça-feira recebeu o zootecnista e podologista Guilherme Zagnoli. Na ocasião, ele informou sobre as particularidades dos casqueamentos e dos ferrageamentos e suas influências nas claudicações e na vida útil dos nossos animais.

Segundo Sacchi, a área técnica dará enfoque mais específico nas questões que envolvem os membros e os aprumos, tanto nas avaliações para Registro bem como nos julgamentos de Marcha e Morfologia. “É chegada a hora de pensarmos com maior responsabilidade nessa região zootécnica, em última análise, responsável pelo que de mais importante exploramos nos equinos: o movimento Reitero o enorme prazer por conviver e discutir a raça com pessoas compromissadas e que só querem o melhor para o Mangalarga Marchador”, informou.