Você sabia que os potros brincam?

Confira a sexta parte da série

  • Flávia Zago
  • 28/02/2019
  • 12h16

Em continuidade da série especial Potros, mostraremos agora peculiaridades que os futuros campeões da raça costumam adotar até a fase adulta. As curiosidades foram abordadas pela veterinária, Valéria Maria de Andrade Almeida, leia abaixo.

Durante o primeiro mês de vida, as brincadeiras dos potrinhos consistem em pulos e correrias perto da mãe. Costumam mordiscá-la na cauda, orelhas e a corda do seu cabresto. As brincadeiras sociais com outros potros começam nessa idade, porém, se intensificam a partir do segundo mês de idade. Tais brincadeiras aumentam a coordenação e a força muscular.

As habilidades de socialização são desenvolvidas durante o segundo e o terceiro meses de idade. Durante esse período o potro interage socialmente com outros cavalos do rebanho além da própria mãe. Ele já não a segue com tanta frequência.

Os potros machos empinam, mordem e empurram uns aos outros. Ensaiam combates fictícios a dois, mordiscando os joelhos uns dos outros. Podem montar um no outro, em outra potra ou égua bem como em suas mães.

As potras preferem correr e pular ao invés de simularem lutas. Elas fazem isto em grupo. Entretanto, às vezes galopam 50 metros ou mais de onde estão suas mães. Existe uma tendência dos potros se associarem mais a outros do mesmo sexo do que do sexo oposto.

No sétimo capítulo, vamos apresentar como é a ordem de dominância dos cavalos. Acompanhe e dê o seu like nas redes sociais.

Ainda tem dúvidas sobre o desenvolvimento dos potros? Envie suas perguntas através das nossas plataformas de comunicação.